quinta-feira, 31 de julho de 2014

ARNALDO JABOR : TUDO VAI EXPLODIR EM 2015.



O PT 'expulsou' o Jabor do Jornal Nacional, colocaram a coluna televisiva no Jornal da Globo, no horário das 'corujas'...
 Mas a gente divulga .....


Escute este áudio:



quarta-feira, 30 de julho de 2014

ARNALDO JABOR : TUDO VAI EXPLODIR EM 2015.



O PT 'expulsou' o Jabor do Jornal Nacional, colocaram a coluna televisiva no Jornal da Globo, no horário das 'corujas'...
 Mas a gente divulga .....


Escute este áudio:

UMA FOTO QUE A MÍDIA NÃO DIVULGARÁ

 UMA FOTO QUE A MÍDIA NÃO DIVULGARÁ

ESSA FOTO E O TEXTO SERVEM DE CARICIA EM NOSSOS CORAÇÕES, PELA HUMANIDADE E PELO SENTIMENTO CÍVICO QUE ENVOLVEM. 
TRANSMITA-OS ÀS SUAS AMIGAS E AMIGOS E AOS SEUS FAMILIARES E ÀS DELES.  COM CARINHO -







Aspirantes impecáveis, texto impecável... bonito!!!!
 Ao ver a foto da jovem aspirante já com o uniforme branco, uma delas escreveu um dos textos mais belos e atuais que li ultimamente. Ele não é apenas sobre Marinha, mas sim sobre o Brasil. Com a permissão da autora, Aspirante Carla Andrade, encaminho o texto.

Uma Foto e Vários Sentimentos

De todas as transformações que o nosso país enfrenta, não tenho dúvida que a pior delas é inversão de valores.Não estou falando dos atores, mas da plateia.
Quem determina o sucesso de um espetáculo é o público. Por melhor que sejam os atores e o enredo, se o público não aplaudir, a turnê acaba.
Nós somos a sociedade, nós somos a plateia, nós dizemos qual o espetáculo deve acabar e qual precisa continuar. Se nós estamos aplaudindo coisas erradas, se damos ibope a pessoas erradas, de que estamos reclamando afinal?
Somos nós que continuamos consumindo notícias de bandidos presos e condenados.
Somos nós que consumimos notícias de arruaceiros que ganham mesada para depredar o nosso patrimônio.
Somos nós que damos trela para beijaços, toplessaços, marcha de vadiaças, dos maconheiraços, dos super-heróis que batem ponto em "manifestações" (e que gostam de cozinhar-se dentro de uma fantasia num sol de 45 graus), e todos os tipos de histéricos performáticos que querem seus 15 minutos de fama.
Quando fazemos isso, estamos dando-lhes valores que não têm. Estamos dando-lhes atenção. Estamos dedicando-lhes o nosso precioso tempo.
Passou da hora de dar um basta nisso!
Por que os nossos jornais estão recheados de funkeiros ao invés de medalhistas olímpicos do conhecimento?
Por que vende-se mais jornal com notícia de um funkeiro que largou a escola por já estar milionário, do que de um aluno brilhante que supera até seus professores?
Por que sabemos os nomes dos BBBs e não sabemos os nomes dos nossos cientistas que palestraram no TED?
Por que muitos não sabem nem o que é o TED? Ou Campus Party?
Por que um evento histórico para o Brasil como o ingresso da primeira turma feminina da Escola Naval não é noticiado?
Por que um monte de alienadas com peitos de fora, merecem mais as manchetes do que as brilhantes alunas, que conquistaram as primeiras 12 vagas, da mais antiga instituição de ensino superior do Brasil?
Por que nós continuamos aplaudindo a barbárie, se ainda temos valores?
O país não mudará se nós não mudarmos o foco!
Os políticos não mudarão se nós não refletirmos a sociedade que queremos!
Já passou da hora de nos posicionarmos!
Ostracismo a quem não merece a nossa atenção e aplausos para quem faz por merecer.
Merecer! Precisamos devolver essa palavra para o nosso dicionário cotidiano.
Meu coração ao olhar essa foto hoje, se divide em vários sentimentos distintos.
Muito orgulho de ser mulher e me ver representada por essas guerreiras.
Elas não estão fazendo arruaça pleiteando igualdade. Elas conquistaram a igualdade estudando e ralando muito.
Elas tiveram que carregar na mão as suas malas pesadas no dia que entraram na Escola Naval. Não puderam puxar na rodinha não! Tiveram que carregar na mão igual aos aspirantes masculinos.
Elas foram e fizeram.
Mas ao contrário das feministas de toddynho, não estarão nas manchetes dos jornais de hoje. E isso me evoca outros sentimentos.
Sentimentos de revolta, de vergonha, e de constrangimento frente a essas mulheres, que não serão chamadas de heroínas por apresentadores de televisão. Mas estão dispostas morrer como heroínas por nosso país.
Parabéns Primeira Turma Feminina da Escola Naval de 2014.
Vocês são a dúzia que vale muito mais que milhares! "

  
 

A Alemanha de Angela Merkel...


A Alemanha de Angela Merkel...
Assim pensa e age gente séria em um país sério! Creio, firmemente, que jamais haveremos de constatar  atitude como essa em nosso país. Falta-nos NOMES!  Esses que se apresentam para substituir os atuais não têm capacidade de aglutinar NOMES (seria uma tarefa difícil "paca") para a formação de um bloco (legislativo) que teria, como tarefa principal, a elaboração e implemento de regras pertinentes às reformas que permitissem o estabelecimento de um pacto igual ao celebrado naquele país.  
 NOMES que, mesmo à custa do cometimento de um ESTELIONATO ELEITORAL (cadê "raça" para cometê-lo!), consiga ganhar a eleição.
AUGUSTO MÁRIO
 Alemanha de Angela Merkel, ou uma rápida explicação sobre a Alemanha atual !!
 (Alemanha, um bom exemplo!)
Esta semana a chanceler da Alemanha, Angela Merkel  a governante mais poderosa da Europa e uma das líderes mais influentes do mundo fechou um acordo para que seu partido, a União Democrata-Cristã (CDU) e seu partido irmão União Social-Cristã (CSU), do Estado da Baviera, governasse em coligação com os tradicionais adversários do Partido Social-Democrata (SPD).
Merkel terá uma maioria esmagadora: num Parlamento de 631 deputados, como o Bundestag alemão, terá uma bancada de 503.
E sabem como se procedeu a aliança com os social-democratas?
Merkel NÃO aparelhou o governo com os sindicalistas aliados do SPD para agradar os novos aliados.
Merkel NÃO loteou cargos de confiança no governo entre os partidos da coligação.
Merkel NÃO prometeu destinar emendas parlamentares para que os deputados da coligação distribuam verbas em fontes luminosas e ginásios de esportes em suas regiões de origem.
Merkel NÃO decidiu rechear as seríssimas e rigorosas agências reguladoras do governo alemão em áreas como telecomunicações, transportes terrestres, aviação e energía com cupinchas dos aliados, nomeados (como ocorre no Brasil) por sua ideologia ou militância, e não por sua competência.
Merkel NÃO resolveu aumentar os atuais 14 Ministérios existentes para abrigar políticos.
Merkel, é claro, NÃO acertou qualquer mensalão para atrair deputados para a base de apoio de seu governo.
Merkel, em suma NÃO FEZ NADA do que se costuma fazer no Brasil do lulopetismo, em nome desse monstro invisível chamado governabilidade, que justifica todo tipo de atropelo ao bom senso, à meritocracia e à moralidade pública.
O que fez a firme chanceler alemã, há oito anos e três eleições no poder, para fechar uma coligação que vai permitir que governe tranquilamente por todo seu mandato de quatro anos?
Merkel fez o que se faz nos governos decentes de países sérios e, como escreveu há algum tempo a revista britânicaThe Economist, a chanceler vem conduzindo um governo sério, num país sério onde a palavra sério quer dizer exatamente isto: discutiu, durante um mês, em que medidas para o bem da Alemanha democratas-cristãos e social-demócratas que divergem em inúmeros pontos concordam.
Os pontos sobre os quais ambos concordam foram a ponte para o acerto político. Mas, em se tratando de um pais sério, esses pontos foram esmiuçados em um sólido documento de 170 páginas contendo o programa que o governo de coalizão entre dois grupos adversários executará.
As 170 páginas preveem, com detalhes, como se darão as melhoras no sistema de previdência social, em quais projetos serão aplicados os investimentos adicionais na área de educação e pesquisa científica, o que deve ser feito para aperfeiçoar e ampliar os sistemas de transportes (rodovias, as já fabulosas autobahns, e ferrovias), o estabelecimento por lei, a partir de 2015, de um salário mínimo (8,5 euros ou 27 reais por hora, o que significa algo como 4.320 reais mensais) não existe salário mínimo legal na Alemanha, só os valores estabelecidos em acordos entre sindicatos de patrões e de trabalhadores e até os requisitos exigidos para que aos cidadãos alemães seja possibilitado algo até agora inexistente, a dupla cidadania.
Detalhe importante: o documento inclui o compromisso férreo de não se aumentar impostos durante os próximos 4 anos.
Enquanto isso, num grande país (melhor dizer 'país grande') do Hemisfério Sul, que tem 39 ministros e 20 mil cargos de confiança loteados entre cupinchas dos partidos do governo? a corrupção corre solta e sua frágil democracia vislumbra dias próximos de autoritarismo socialista ou quebradeira que dá no mesmo.



terça-feira, 29 de julho de 2014

CENA INCONCEBÍVEL NO BRASIL


CENA INCONCEBÍVEL NO BRASIL
Humildade e Reconhecimento

 A cena da foto em anexo, onde o Presidente da República da maior potência mundial dança em  sua posse com uma Sargento e sua esposa com um Sargento, jamais aconteceria em nosso país...

Daí uma das razões que os EUA são uma grande nação, onde suas autoridades valorizam e reconhecem seus mais humildes soldados.
"É graças aos soldados, e não aos sacerdotes, que podemos ter a religião que desejamos. É graças aos soldados, e não aos jornalistas, que temos liberdade de imprensa. É graças aos soldados, e não aos poetas, que podemos falar em público. É graças aos soldados, e não aos professores, que existe liberdade de ensino. É graças aos soldados, e não aos advogados, que existe o direito a um julgamento justo. É graças aos soldados, e não aos políticos, que podemos votar."
(Barack Hussein Obama - USA)

DANO MORAL?



Amigo (a), alguém lembrou do papel do professor. Faltou o togado esculhambar a mãe que apoiou o filho impetrando a ação, ao invés de ensiná-lo que tudo tem limite.

Celular tomado em sala de aula:

"O professor é o indivíduo vocacionado a tirar outro indivíduo das trevas da ignorância, da escuridão, para as luzes do conhecimento, dignificando-o como pessoa que pensa e existe".

As palavras acima são do juiz de Direito Eliezer Siqueira de Sousa Junior, da 1ª vara Cível e Criminal de Tobias Barreto/SE, ao julgar improcedente a ação de aluno em face de professor que tomou seu celular em sala de aula.
De acordo com os autos, o docente retirou o aparelho do aluno, que ouvia música com fones de ouvido durante sua aula. O menor, representado por sua mãe, ajuizou ação para pleitear dano moral, para reparar seu "sentimento de impotência, revolta, além de um enorme desgaste físico e emocional".
Ao analisar o caso, o juiz Eliezer solidarizou-se com a situação dos professores.

"Ensinar era um sacerdócio e uma recompensa. Hoje, parece um carma".

Afirmou, então, que o aluno descumpriu norma do Conselho Municipal de Educação, que veda a utilização de celular durante o horário de aula, além de desobedecer, reiteradamente, o comando do professor.
Para o magistrado, não houve abalo moral, uma vez que o aluno não utiliza o aparelho para trabalhar, estudar ou qualquer outra atividade.

"Julgar procedente esta demanda é desferir uma bofetada na reserva moral e educacional deste país, privilegiando a alienação e a contra educação, as novelas, os realitys shows, a ostentação, o bullying intelectivo, o ócio improdutivo, enfim, toda a massa intelectivamente improdutiva que vem assolando os lares do país, fazendo às vezes de educadores, ensinando falsos valores e implodindo a educação brasileira".

Por fim, o juiz prestou uma homenagens aos docentes.

"No país que virou as costas para a Educação e que faz apologia ao hedonismo inconsequente, através de tantos expedientes alienantes, reverencio o verdadeiro herói nacional, que enfrenta todas as intempéries para exercer seu múnus com altivez de caráter e senso sacerdotal: o Professor."
  

domingo, 27 de julho de 2014

UMA RESPOSTA À ALTURA: UM ANÃO DE VERDADE!!!


http://4.bp.blogspot.com/-rFdP-T_QkpA/UukkP6qvjJI/AAAAAAAAOOQ/mCSJ9yAwuPc/s1600/leitor.jpg

julho 25, 2014

Anão Diplomático ?!?

Anão Diplomático?!?

http://4.bp.blogspot.com/-A0LYkziC-fU/U9JmGWBNrdI/AAAAAAAAPuc/szSVecSCnMI/s1600/an%C3%B5es+diplom%C3%A1ticos.JPG

 

"O governo israelense reagiu com irritação à decisão do ministro das Relações Exteriores do Brasil, Luiz Alberto Figueiredo, de chamar de volta ao país para consultas o embaixador em Tel Aviv, Henrique Sardinha Filho. O Brasil foi o segundo país a tomar essa decisão depois do Equador, na semana passada. Em nota oficial, a chancelaria israelense expressou "desapontamento" com a atitude do governo brasileiro."
"Israel bate no anão diplomático Brasil por chamar seu enviado em protesto contra a operação de Gaza", diz a matéria do Jerusalem Post.

Quem chamou o Brasil de "anão diplomático" e também de "criador de problemas" foi o porta-voz do ministério de Relações Exteriores de Israel, que ao falar ao Jornal Nacional usou de mais ironia.

"A resposta de Israel é perfeitamente proporcional. Isso não é futebol. No futebol, quando um jogo termina em empate, você acha proporcional, e quando é 7 a 1 é desproporcional. Mas não é assim na vida real e sob a lei internacional", declarou o porta-voz.

"A única razão por não termos centenas de mortos nas ruas de Israel é termos desenvolvido um sistema antimísseis. E não vamos nos desculpar por isso. Se não tivéssemos esse sistema, haveria centenas de pessoas mortas nas ruas de Israel. Isso seria considerado proporcional?", afirmou.

Essa foi pesada... Mas o Brasil NÃO podia continuar com sua desastrosa política externa sem receber um "petardo" como esse. Desde 2011 vimos condenado neste blog (30/06/2012) a atuação dos chamados "OS TRAPALHÕES DA POLÍTICA EXTERNA":

"enquanto os "3 trapalhões", Marco Aurélio Garcia, Celso Amorim e Antonio Patriota detiverem o controle da política externa do Brasil ficaremos como mais uma "republiqueta das bananas", com a "ideologia primata" desses 3 personagens que estão querendo reviver a política mundial do início dos anos 60...rsrsrs"

Explicando: Hoje, o atual Ministro é mero indicado dos 3 trapalhões. A política externa brasileira continua no mesmo grau de mediocridade...

               O MEGALONANICO

"Durante os 8 anos de Lula, o assessor Marco Aurélio Garcia (aquele do toc-toc) e o megalonanico (segundo Reynaldo Azevedo) Celso Amorim: o que "lambeu" as botas dos militares quando serviu na Embrafilmes em pleno Regime Militar,fizeram e desfizeram da nossa política externa. Fizeram o Lula visitar e abraçar os mais sanguinários Ditadores do Mundo... Até hoje persiste é "política externa anã", pois não é que a presidente Dilma hospedou no Palácio Oficial o atual Ditador de Cuba...uma DITADURA SANGUINÁRIA de mais de 50 Anos!!!

Então, dá para entender o fato do porta-voz de Israel ter chamado o Brasil de "Anão Diplomático", pois o "MEGALONANICO" já vinha aprontando há muito tempo no Ministério das Relações Exteriores, diretamente ou através de suas indicações.


O REIZINHO

http://2.bp.blogspot.com/-4nUefCsSocg/U9JmYYW_mCI/AAAAAAAAPuk/2jytGtqXWjM/s1600/reizinho.JPG

 

Esse post repercutiu. Mostrava o deslumbramento dos "presidentes" com o "PUDER." E só queriam viajar, viajar, viajar... E a nossa política externa continuava medíocre e...anã!!!
É isso.

http://2.bp.blogspot.com/-gPCd-ptWPJs/U9Jookgic0I/AAAAAAAAPuw/cttO-RN8Ph0/s1600/aten.jpg


Diplomacia Brasileira/ leia aqui
O Reizinho/ leia aqui


--
ACESSE o BLOG DE GERALDO MOTA
 

O LIXO DE BARCELONA...




O LIXO DE BARCELONA...
                         
Veja que maravilha! Pensar no povo é isso aí! Trabalho
sério, honesto, sem roubalheiras, sem maracutaias,
sem políticos "desviando" (eu chamo isso é de roubo
mesmo! E, para ser mais exato, esse crime tem nome,
tipificado no Código Penal brasileiro: APROPRIAÇÃO
INDÉBITA!) o dinheiro da merenda, da saúde, da 
segurança, da educação no seu sentido amplo... E,
salvo engano, na Espanha, para felicidade geral da
nação, NÃO há PT e, consequentemente, PeTralhas!!!
Mas abra o anexo e veja que espetáculo a coleta de
lixo em Barcelona, na Espanha.



Outras goleadas Alemanha x Brasij


Outras goleadas: Alemanha x Brasil

Prêmio Nobel -
Alemanha 103 x Brasil 0
Salário de Professor do ensino público:
- Alemanha US$ 30 mil/ano x Brasil US$ 5 mil/ano
Navios em trânsito por dia neste momento nos portos
- Alemanha 3.800 x Brasil 315
Patentes de novas invenções por ano
 - Alemanha 2.700 x Brasil 150
Aviões circulando no espaço aéreo por dia
- Alemanha 5.300 x Brasil 640
Indústria automobilística original
 - Alemanha 5 x Brasil 0
Indústria aeronáutica original
- Alemanha 6 x Brasil 1
Número de satélites colocados em órbita por foguete próprio - Alemanha 112 x Brasil 0
Percentual de energia elétrica gerada por fonte renováveis e não poluentes - Alemanha 35 x Brasil 3
Tempo médio do aluno na escola pública (horas/dia)
 - Alemanha 9 x Brasil 4
Submarinos nucleares -
Alemanha 11 x Brasil 0

Mas nem tudo é tristeza... Não desanime... Em uma coisa o Brasil parece estar ganhando da Alemanha...

Número de jogadores da seleção com brinquinhos nas orelhas e cabelos pintados: Brasil 9 x Alemanha 0!
Número de presidente analfabeto eleito: Brasil 1 x Alemanha 0
Número de presidente assaltante de banco, assassina, sequestradora e etc eleito: Brasil 1 x Alemanha 0 

"O orçamento deve ser equilibrado, o Tesouro Público deve ser reposto, a dívida pública deve ser reduzida, a arrogância dos funcionários públicos deve ser moderada e controlada,e a ajuda a outros países deve ser eliminada, para que Roma não vá à falência. As pessoas devem novamente aprender a trabalhar, em vez de viver às custas do Estado ".

(Tulius Cícero-Ano 55 AC.)



Outras goleadas Alemanha x Brasij

Outras goleadas: Alemanha x Brasil

Prêmio Nobel -
Alemanha 103 x Brasil 0
Salário de Professor do ensino público:
- Alemanha US$ 30 mil/ano x Brasil US$ 5 mil/ano
Navios em trânsito por dia neste momento nos portos
- Alemanha 3.800 x Brasil 315
Patentes de novas invenções por ano
 - Alemanha 2.700 x Brasil 150
Aviões circulando no espaço aéreo por dia
- Alemanha 5.300 x Brasil 640
Indústria automobilística original
 - Alemanha 5 x Brasil 0
Indústria aeronáutica original
- Alemanha 6 x Brasil 1
Número de satélites colocados em órbita por foguete próprio - Alemanha 112 x Brasil 0
Percentual de energia elétrica gerada por fonte renováveis e não poluentes - Alemanha 35 x Brasil 3
Tempo médio do aluno na escola pública (horas/dia)
 - Alemanha 9 x Brasil 4
Submarinos nucleares -
Alemanha 11 x Brasil 0

Mas nem tudo é tristeza... Não desanime... Em uma coisa o Brasil parece estar ganhando da Alemanha...

Número de jogadores da seleção com brinquinhos nas orelhas e cabelos pintados: Brasil 9 x Alemanha 0!
Número de presidente analfabeto eleito: Brasil 1 x Alemanha 0
Número de presidente assaltante de banco, assassina, sequestradora e etc eleito: Brasil 1 x Alemanha 0 

"O orçamento deve ser equilibrado, o Tesouro Público deve ser reposto, a dívida pública deve ser reduzida, a arrogância dos funcionários públicos deve ser moderada e controlada,e a ajuda a outros países deve ser eliminada, para que Roma não vá à falência. As pessoas devem novamente aprender a trabalhar, em vez de viver às custas do Estado ".

(Tulius Cícero-Ano 55 AC.)



ACESSE o BLOG DE GERALDO MOTA

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Ganhei  Coragem 
RUBEM ALVES
“Mesmo o mais corajoso entre nós só raramente tem coragem para aquilo que ele realmente conhece“, observou Nietzsche. 
É o meu caso. Muitos pensamentos meus, eu os guardei em segredo. Por medo. 
Albert Camus, ledor de Nietzsche, acrescentou um detalhe acerca da hora quando a coragem chega:  - “Só tardiamente ganhamos a coragem de assumir aquilo que sabemos“. Tardiamente.  Na velhice. Como estou velho, ganhei coragem. Vou dizer aquilo sobre que me calei:  - “O povo unido jamais será vencido“: - é disso que eu tenho medo.

Em
tempos passados invocava-se o nome de Deus como fundamento da ordem política. Mas Deus foi exilado e o “povo“ tomou o seu lugar:  - a democracia é o governo do povo... Não sei se foi bom negócio:  - o fato é que a vontade do povo, além de não ser confiável, é de uma imensa mediocridade. Basta ver os programas de televisão que o povo prefere.

A
Teologia da Libertação sacralizou o povo como instrumento de libertação histórica. Nada mais distante dos textos bíblicos. Na Bíblia o povo e Deus andam sempre em direções opostas. Bastou que Moisés, líder, se distraísse, na montanha, para que o povo, na planície, se entregasse à adoração de um bezerro de ouro. Voltando das alturas Moisés ficou tão furioso que quebrou as tábuas com os 10 mandamentos. 
E há estória do profeta Oséias, homem apaixonado! Seu coração se derretia ao contemplar o rosto da mulher que amava! Mas ela tinha outras idéias.  Amava a prostituição. Pulava de amante a amante enquanto o amor de Oséias pulava de perdão a perdão. Até que ela o abandonou...  Passado muito tempo Oséias perambulava solitário pelo mercado de escravos... E que foi que viu? Viu a sua amada sendo vendida como escrava.  Oséias não teve dúvidas. Comprou-a e disse:  -  “Agora você será minha para sempre...“ Pois o profeta transformou a sua desdita amorosa numa parábola do amor de Deus. Deus era o amante apaixonado. 
O povo era a prostituta. Ele amava a prostituta. Mas sabia que ela não era confiável. O povo sempre preferia os falsos profetas aos verdadeiros, porque os falsos profetas lhes contavam mentiras. As mentiras são doces. A verdade é amarga.  Os políticos romanos sabiam que o povo se enrola com pão e circo.  No tempo dos romanos o circo era os cristãos sendo devorados pelos leões.  E como o povo gostava de ver o sangue e ouvir os gritos! As coisas mudaram. Os cristãos, de comida para os leões, se transformaram em donos do circo. O circo cristão era diferente:  - judeus, bruxas e hereges sendo queimados em praças públicas. As praças ficavam apinhadas com o povo em festa, se alegrando com o cheiro de churrasco e os gritos. 
Reinhold Niebuhr, teólogo moral protestante, no seu livro O homem moral e a sociedade imoral observa que os indivíduos, isolados, têm consciência. São seres morais. Sentem-se “responsáveis“ por aquilo que fazem. Mas quando passam a pertencer a um grupo, a razão é silenciada pelas emoções coletivas. Indivíduos que, isoladamente, são incapazes de fazer mal a uma borboleta, se incorporados a um grupo, tornam-se capazes dos atos mais cruéis. Participam de linchamentos, são capazes de pôr fogo num índio adormecido e de jogar uma bomba no meio da torcida do time rival. Indivíduos são seres morais. Mas o povo não é moral. O povo é uma prostituta que se vende a preço baixo. 
Meu amigo Lisâneas Maciel, no meio de uma campanha eleitoral, me dizia que estava difícil porque o outro candidato a deputado comprava os votos do povo por franguinhos da Sadia. 
E a democracia se faz com os votos do povo... 
Seria maravilhoso se o povo agisse de forma racional, segundo a verdade e segundo os interesses da coletividade. É sobre esse pressuposto que se constrói o ideal da democracia. Mas uma das características do povo é a facilidade com que ele é enganado. O povo é movido pelo poder das imagens e não pelo poder da razão. Quem decide as eleições – e a democracia - são os produtores de imagens. 
Os votos, nas eleições, dizem quem é o artista que produz as imagens mais sedutoras. O povo não pensa. Somente os indivíduos pensam. Mas o povo detesta os indivíduos que se recusam a ser assimilados à coletividade. Uma coisa é o ideal democrático, que eu amo. Outra coisa são as práticas de engano pelas quais o povo é seduzido. 
O povo é a massa de manobra sobre a qual os espertos trabalham. Nem Freud, nem Nietzsche e nem Jesus Cristo confiavam no povo. Jesus Cristo foi crucificado pelo voto popular, que elegeu Barrabás
Durante a Revolução Cultural na China de Mao-Tse-Tung, o povo queimava violinos em nome da verdade proletária. Não sei que outras coisas o povo é capaz de queimar. O nazismo era um movimento popular. O povo alemão amava o Führer. O mais famoso dos automóveis foi criado pelo governo alemão para o povo:  - o Volkswagen. Volk, em alemão, quer dizer “povo“...

O povo unido jamais será vencido! 
Tenho vários gostos que não são populares. Alguns já me acusaram de gostos aristocráticos... Mas, que posso fazer? 
Gosto de Bach, de Brahms, de Fernando Pessoa, de Nietzsche, de Saramago, de silêncio, não gosto de churrasco, não gosto de rock, não gosto de música sertaneja, não gosto de futebol (tive a desgraça de viajar por duas vezes, de avião, com um time de futebol...). 
Tenho medo de que, num eventual triunfo do gosto do povo, eu venha a ser obrigado a queimar os meus gostos e engolir sapos e a brincar de “boca-de-forno“, à semelhança do que aconteceu na China.

De vez em quando, raramente, o povo fica bonito. Mas, para que esse acontecimento raro aconteça é preciso que um poeta entoe uma canção e o povo escute: -  “Caminhando e cantando e seguindo a canção...“ 
Isso é tarefa para os artistas e educadores:  - O povo que amo não é uma realidade. É uma esperança.
Folha de S. Paulo
 05/05/2002
Fonte:-  A Casa de Rubem Alves 

CONFIRA AQUI OS LIVROS DE MINHA BIBLIOTECA FÍSICA

Cursos Online é Cursos 24 Horas

LIVROS RECOMENDADOS

  • ANÁLISES DE CONJUNTURA: Globalização e o Segundo Governo FHC - (José Eustáquio Diniz Alves /Fábio Faversani)
  • ARTE SACRA - BERÇO DA ARTE BRASILEIRA (EDUARDO ETZEL)
  • AS FORÇAS MORAIS - (José Ingenieros)
  • CONTOS - (Voltaire)
  • DICIONÁRIO DE FANADÊS - Carlos Mota
  • DOM QUIXOTE DE LA MANCHA - (Cervantes)
  • ESPLÊNDIDOS FRUTOS DE UMA BANDEIRA VENTUROSA - (Demósthenes César Jr./ Waldemar Cesar Santos)
  • EU E MARILYN MONROE & O OUTRO- CARLOS MOTA
  • FRAGMETOS - (Glac Coura)
  • HISTÓRIAS DA TERRA MINEIRA - (Prof. Carlos Góes)
  • http://www.strategosaristides.com/2010/12/cronicas-do-mato.html
  • IDAS E VINDAS - (Rosarinha Coelho)
  • MOSÁICO - (Glac Coura)
  • O CAMINHANTE - (José Transfiguração Figueirêdo)
  • O DIA EM QUE O CAPETA DESCEU NA CIDADE DE MINAS NOVAS - (João Grilo do Meio do Fanado)
  • O MITO DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - (Celso Furtado)
  • O NOME DA ROSA - (Umberto Eco)
  • O PRÍNCIPE - (Maquiavel)
  • O SEGREDO É SER FELIZ - ROBERTO SHINYASHIKI

ORIGEM DOS ACESSOS PELO MUNDO

Arquivo do blog