sábado, 31 de outubro de 2009

CUIDADO COM SEU VOTO

A PIADA DO SENADOR... SERÁ SOMENTE PIADA MESMO? (O ANEXO TEM ILUSTRAÇÕES)
 
Um ex-senador, decrépito, vacilante e boquirroto está andando na calçada de seu lúgubre casarão quando sofre uma apoplexia e morre. A alma penada dele chega ao Paraíso e dá de cara com São Pedro na entrada da Mansão Celestial.
 
- Bem-vindo ao Paraíso! - diz São Pedro. - Antes, porém, que você entre, há um assunto que temos que resolver, pois raramente vemos parlamentares e antigos políticos por aqui, sabe, então não sabemos bem o que fazer com você...
 
- Não vejo problema, Sr. Porteiro, é só me deixar entrar. - diz o antigo senador biônico, já pensando em subornar a autoridade daquele dignitário.
 
- Eu bem que gostaria...vossa excrescênci... desculpe-me, excelência... Mas tenho ordens superiores para cumprir. Vamos fazer o seguinte: você passa um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Aí, pode escolher onde quer passar a eternidade.
 
- Não precisa, já resolvi, São Pedro. Quero ficar no Paraíso. - diz o ex-senador, achando-se no direito de decidir e exigir como sempre o fazia lá na terra.
 
- Desculpe, ex-excelência, mas temos aqui as nossas regras...
 
Assim, São Pedro, recorda-se – caladinho- conferindo as anotações inexoráveis, de que aquele político, além de uma negra folha corrida, era um dos sucessores do morubixaba excomungado que, lá pelos idos de 1920 mandou demolir sua linda igreja na Vila do Fanado, acompanha-o até o elevador, e ele desce, desce até ao Inferno.
 
A porta abre e ele se vê no meio de um lindo campo de golfe, onde, ao fundo, ele vê um clube maravilhoso com piscinas de águas sulfurosas com lindas jovens nuas ali se refrescando ao som de bandas de axé e pauleiras, na frente do qual estão todos os seus amigos e outros políticos com os quais havia trabalhado a vida inteira. Todos muito felizes em traje social. Ele é cumprimentado, abraçado efusivamente e eles começam a falar sobre os bons tempos em que ficaram ricos à custa do povo. Para comemorarem o reencontro Jogam uma partida descontraída e depois comem lagosta e caviar. Quem também está presente é o Diabo, um cara muito solícito, agradável e amigável que passa o tempo todo dançando e contando piadas. Eles se divertem tanto que, antes que se perceba, já é hora de ir embora. Todos se despedem dele com abraços e acenam enquanto o elevador sobe.
 
Ele sobe, sobe, sobe e a porta do céu se abre outra vez.
 
São Pedro está esperando por ele. Agora é a vez de visitar o Paraíso. Ele passa 24 horas junto a um grupo de almas contentes e suaves que andam de nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando. Tudo vai muito bem organizado e com muito respeito, mas antes que ele perceba, o dia se acaba e São Pedro retorna convocando-o para conversar com ele:
 
- E aí?... Você passou um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Agora escolha a sua casa eterna: se aqui ou lá.
 
Ele pensa um minuto e responde:
 
- Olha, Pedroca,  eu nunca pensei antes, mas... O Paraíso é muito bom, nada obstante a austeridade, essa paz, esse clima de lealdade, honestidade, solidariedade, essa tranquilidade de tanta justiça, vejo que aqui não me cabe, pois jamais me deixei envolver por essas banalidades que aqui abundam e decidi que vou ficar melhor no Inferno, sabe?...
 
Então São Pedro o leva de volta ao elevador, e ele desce, desce, desce até o Inferno, feliz da vida.
 
Logo a porta da Casa de Lúcifer se abre, imediatamente ele sente que se ergueu uma negra muralha de ferro à sua retaguarda (com uma inscrição:  "Lasciate ogne speranza, voi ch'intrate") e ele se vê no meio de um enorme terreno baldio cheio de lixo, chamas, fumaças, espinhos, fezes, lamúrias, blasfêmias, queixas e aquele ar impregnado de sujeiras e cheirando muito mal, lembrando a "geena" minasnovense.
 
Ele vê todos os velhos amigos, com olhos faiscantes de ódio e amargura, com as roupas rasgadas e sujas, famintos e ali catando o entulho e colocando as migalhas pútridas em sacos horrendos e tenebrosos.
 
O Diabo vai ao seu encontro e passa o braço asqueroso e imundo pelo ombro do assustado senador.
 
- Não estou entendendo... - gagueja o senador, muito aterrorizado:
 
- Ontem mesmo eu estive aqui e havia um campo de golfe, um maravilhoso clube, fartura de lagosta, deliciosos petiscos e caviar, quando nos fartamos, dançamos com lindas damas e nos divertimos o tempo todo. Agora o que vejo é esse fim de mundo, tétrico, horripilante,  cheio de lixo e podridão, igual ao senado de onde vim, e meus amigos arrasados?!...
 
O Diabo, chefe dos "pés de cabra", olha para ele, sorri vitorioso e diz:
 
- É que ontem estávamos em campanha.
 
- Agora já é tarde, conseguimos o seu voto e você, tão experiente, continuará sendo eternamente um dos nossos... Esteja, pois, em sua verdadeira morada!!!
 
ATENÇÃO ELEITORESHá uma eternidade que tem sido assim e nada vai mudar, também aqui na Terra e, principalmente aqui em Minas Novas e no Brasil.  
A Justiça Divina é implacável e não perdoa a quem persiste no erro.
 
Tanto é pecado corromper quanto deixar-se corromper.
  
 Não queiram, portanto, fazer companhia ao senador da história, permitindo que esses políticos que aí estão continuem no poder e a abusar da bondade de Deus e da generosidade do Povo, em última análise, as maiores vítimas desses verdadeiros demônios.
  
Fiquem atentos, pois no ano que se aproxima haverá eleição não devendo correrem o risco de votar novamente nesses pilantras que estão infestando o Congresso Nacional, lá em Brasília e, se for o caso, antecipe a misericórdia celeste e mande-os direto para o INFERNO do abandono, da derrota, do desprestígio, do ostracismo e da humilhação, se antes não puderem vê-los, junto de seus lacaios, apaniguados e cupinchas, de preferência, um bom tempo na cadeia.
 
ESCOLHA NOMES DE CANDIDATOS SÉRIOS, PESSOAS HONESTAS E QUE JAMAIS ESTIVERAM ENVOLVIDAS COM GENTE DA LAIA DESSE EX-SENADOR!
 
--
geraldo mota
 

FLORES POUCO CONHECIDAS

Lindas as flores e muito mais bonitas e significativas estas suas se tornam para mim, na medida da sua simpatia e generosidade, pelas quais desejaria poder retribuir-lhe às braçadas. Busco, porém, no fundo de minha memória e do coração, a imagem de duas outras espécies que não mereceram constar de sua corbelia, talvez pelo fato de você - quem sabe? - nem mesmo saber da existência delas, de vez que são naturais do campo longínquo, do cerrado e da caatinga, habitat sertanejo igual à região fanadeira, de onde somos. os Motas, originados. Trata-se da flor do maracujá e da flor do pequizeiro.
 
Existe um estudo botânico que as classifica e as equipara às mais lindas, completas e interessantes estruturas reprodutivas do reino vegetal, o que se torna mais incrível devido a sua espontaneidade e características agrestes.
 
O grande poeta brasileiro CATULO DA PAIXÃO CEARENSE muito bem enalteceu a Flor de Maracujá (vide o arquivo 1 em anexo, que explica, por si, o que me dispensaria de outros comentários!).
 
Quanto ao pequizeiro, porém, não só a flor mas também o fruto e toda a árvore, não tem sido considerado de conformidade com sua grande importância para a vida do sertanejo e da riqueza que pode constituir-se em termos econômico e estratégico, no aproveitamento como alimento e na indústria farmacêutica.
 
Embora a impossibilidade do perfume, que ao natural exala, ofereço-lhe a imagem (2) de uma PEQUIZEIRA e saiba que o nosso Bisavô Domingos Mota, do alto de sua experiência e bondade, já naquele tempo que o conheci, era um vibrante apologista das virtudes nuticionais, das propriedades terapêuticas e curativas desse rico e tão menosprezado heroi de nossos matos.
 
E de se lamentar que até há pouco eram nossas chapadas, veredas, cerros e caatingas um sagrado paraiso ecológico que vai-se minguando hoje sob o domínio ganancioso das carvoeiras, cedendo seus milenares espaços para os fedorentos eucaliptos que nenhum benefício agrega à economia local, em flagrante prejuízo para o meio-ambiente, para a cultura e para o conjunto das comunidades e dos habitantes de nossa pobre e indefesa região.
--
geraldo mota
http://geraldomotacoelho.blogspot.com/

Geraldo Mota te convida ao Sonico

 
Geraldo Mota - Sonico
Geraldo necessita sua confirmação!
Para acessar ao perfil, foto e vídeos de Geraldo,
Confirme sua amizade aqui!
Você tem outros convites pendentes
Geraldo Mota
 
Você quer mais controle sobre os emails que recebe do Sonico?
http://www.sonico.com/unsubscribe.php

claudius, o imperador dos petralhas

CLÁUDIUS, O IMPERADOR DOS PETRALHAS

 

Como era de se esperar está próximo o racha total da coligação que sustentou a vitória do grupo liderado pela parelha PSB/ PT, nas últimas eleições municipais, e o tempo tende a esquentar na chapa dominante, onde se pretende garantir a hegemonia da tradicional tropa de choque petista.

 

Ao exemplo do que acontece no âmbito nacional, o Partido dos Trabalhadores nunca se contenta em participar de um projeto político, por mais importante e factível que seja, sem a ganância e o ímpeto de dominar, de assumir o poder em todas suas vertentes e da esperteza de abocanhar sempre a maior e melhor parte do governo, atropelando os acordos eleitorais da campanha, deixando de lado os interesses maiores da população e impedindo ao principal administrador o exercício pleno de seu mandato, segundo o que foi planejado e acordado com o universo do eleitorado que o elegeu.

 

No caso específico de BH, cujo prefeito é filiado ao PSB e o vice é do PT, o que se vê infelizmente é uma administração que ainda, depois de um ano das eleições, não tem mostrado capacidade de superar os desafios impostos por uma metrópole do porte da capital mineira, acostumada à sintonia saudável e necessária que sempre existiu entre a Prefeitura e o Palácio da Liberdade, pois as principais demandas da população – indubitavelmente - se confundem com os interesses das demais regiões do Estado, todos distantes e impossíveis de serem equacionados se não tiverem o impulso decisivo do Governador, mesmo que, no caso específico de Minas, este seja adversário político em termos nacionais.

 

Essa dicotomia inconveniente que está atravancando programas, de ambas as administrações (estadual e municipal) já não pode prevalecer, sob pena de irreparáveis prejuízos à população mineira, principalmente em razão de que foram as bênçãos oficiais, de Aécio e de Fernando Pimentel, que se revelaram muito mais decisivas na vitória de Márcio Lacerda, superando vantajosamente a força eleitoral de todos os partidos envolvidos, provando que a população confiou suas esperanças foi na pessoa de um candidato sem tradição política, mas muito bem apresentado e avalizado por dois políticos competentes, confiáveis e bem acreditados.

 

Na contramão do bom senso e da razoabilidade. o vice-prefeito ROBERTO CARVALHO, que não tem demonstrado estar preocupado com a situação administrativa, parece é atiçar as divergências e criar um clima de animosidade entre as correntes internas dos petralhas, uns da tendência mais lúcida e coerente que apoia o ex-prefeito Pimentel, se contrapondo a uma minoria xiita que sustenta a ilusão do Ministro Patrus Ananias na sua pretensão repetida de ser candidato, no ano que vem, ao cargo de Governador.

 

No meio deste jogo de interesses conflitantes, nada favoráveis ao povo e à democracia, o político novato mas que é um veterano administrador de sucesso, que sempre cuidou com independência e segurança de suas empresas, mas que se submeteu ao desafio legítimo de ser prefeito de uma grande cidade, vê-se momentaneamente estressado como o pobre do caranguejo que é arremessado constantemente ao rochedo pela impertinência de uma maré embrutecida, irresponsável e traiçoeira.

 

É lamentável que seja assim, pois o que está em jogo não é a vaidade administrativa ou o resultado de uma disputa entre politiqueiros antagônicos, mas todo um programa da maior seriedade, elaborado que foi com o objetivo de ser modelo político suprapartidário onde os principais atores, nele envolvidos de corpo e alma, colocaram de lado suas paixões e divergências e visaram, altaneiramente, um plano maior para eleger como sagrado o desejo de união, de progresso, de paz e prosperidade, firmando um pacto admirável entre a razão, a inteligência e a esperança dos belorizontinos.

 

Por tudo isto é muito triste de se ver agora como agem, nessa administração que foi escolhida pelo povo (em sua maioria de não-petistas mas sufragistas conscientes do voto e na grande expectativa de tudo dar certo), como os líderes vermelhos que não respeitam a tradição mineira do entendimento e do respeito, desta forma ingrata vêm constrangendo outros líderes verdadeiros que ainda insistem na sustentação de um partido cada vez mais desacreditado.

 

Exemplo do descalabro que se espraia e contamina a equipe de governo é a ação deletéria de alguns auxiliares graduados, como a que se verifica sob o comando de CLAUDIUS, não o imperador de Roma, mas o poderoso presidente da URBEL, que ali demonstra, de forma debochada e acintosa, o sentimento dominante em todo o diretório municipal do PT de que o seu partido é que deve mandar, segundo sua cartilha, e não pode estar satisfeito com a administração compartilhada do prefeito Márcio Lacerda.

 

Aquele dirigente, usando de seu cargo nesse estratégico setor administrativo, vem-se superando na sede de poder para garantir o domínio eleitoral sobre a população mais dependente, tudo fazendo para solapar e inviabilizar o trabalho de outros membros da equipe, desqualificando a importância das administrações regionais e travando a aplicação de recursos em áreas que não estejam sob seu controle direto.

 

No meio desse contexto porém, ninguém, em sã consciência, que seja honesto e esteja atento aos acontecimentos pode negar o brilhante trabalho que vem sendo desenvolvido pela Administração da Regional Nordeste, em virtude da competência profissional, muito mais que em razão da existência de alguma preferência, afinidade ou maior confiança que o prefeito, com toda razão, possa depositar no seu auxiliar. Entretanto, talvez motivado pela inveja ao sucesso alheio, o Engenheiro Cláudius (Claudius Vinícius Leite Pereira) do alto de sua arrogância e na estatura exata da sua mesquinha visão, tem afirmado, para quem quiser ouvi-lo, depreciando o trabalho do colega, que o titular dessa regional, de nome PIER, está mais identificado e relacionado ao caos que ao cais político, segundo sua observação de estrategista do setor naval e de urbanização, pois o desempenho desse comando obviamente estará contrariando os interesses maiores do PT e, sendo o referido mantido em seu cargo, levará a pique a embarcação ou conduzirá, para bem longe, uma nau errante cheia de piratas e traidores, numa clara demonstração de seu desejo de ver o vice no lugar do atual alcaide titular. 

 

·        Declarações impertinentes deste nível em nada colaboram com os objetivos de uma boa administração e bem demonstram o grau de irresponsabilidade de lideranças petista que já passam da hora de serem apeadas do poder, em nome do interesse coletivo e da esperança que o povo ainda deposita no Prefeito Márcio Lacerda.

·         

Como todos sabemos já vai longe a derrocada do Império Romano e que a Capital das Gerais, ciosa das tradições republicanas e democráticas que a sustentam, jamais comportaria e nem tolerará a imposição de um regime de orientação fascista.

 

Alias, mesmo o homônimo do presidente da URBEL, o outro Cláudius (Tiberius Claudius Caesar Augustus Germanicus) lá de Roma, também não era recomendado em razão de ser filho do terrível NERO, um matricida, piromaníaco e incendiário que destruiu uma URBE.

 

Esta é minha visão de velho observador que, sem motivação maquiavélica, não pretende, jamais, correr o risco de ser chamuscado pois aprendeu, com a história, que os fatos lamentáveis se repetem, não pela determinação ou imposição do destino, mas pela teimosia, imperícia, imprevidência ou pela falta de alerta dos conselheiros de plantão que não se interessam pela segurança do "príncipe".

 

Manoel Ramiro

(Professor de Religião e Cientista Político)



Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

É ISTO AÍ MARCELÃO BOTELHO

MARCELO,

VOCÊ, QUE DE FATO É, O MAIOR GLOGUEIRO AÍ DO SÃO PEDRO, FAÇA BOM PROVEITO DESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO E ENSINE AO MUNDO COMO É QUE SE DEVE VIVER BEM, SEMPRE DE PAZ COM A VIDA, COM NATUREZA E COM DEUS!

UM GRANDE ABRAÇO.

.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Punta Cana - Fotos / PROMOÇÃO ESPECIAL

PARA MELHOR VISUALIZAÇÃO DO CARTAZ E DAS FOTOS, QUEIRA CLICAR SOBRE AS IMAGENS OBTENDO A AMPLIAÇÃO.


PROMOÇÃO ESPECIAL CLUB MED PUNTA CANA
50% DE DESCONTO
19 a 27 de Abril/2010 - (8 noites) - Pacote com passagem aérea, a partir de 1.515 USD + taxas

Valor para compra até 29 de outubro. Lugares limitados!!!
RESERVA PELA
RAF TURISMO LTDA

ALCIDES CARLOS SOUSA = ARTESANATO

From: ac.souza1928@uol.com.br;
Date: 2009/10/25
Subject:
To: geraldomotacoelho@gmail.com

OLÁ SR. GERALDO:

SÓ HOJE QUE EU TIVE A FELICIDADE DE ENTRAR NO SEU BLOG. QUANDO ENTREI EM CONTATO COM O SR. NA VERDADE FOI PORQUE EU VI A FOTO DE UM CASAL, MUITO SIMPATICO, E ENTÃO ACHEI QUE DEVIA ENVIAR-LHES ALGUMAS FOTOS MINHAS, POREM ERA EM UMA PAGINA DISTANTE, ONDE ESTAVA O SR. E UMA SRA, QUANDO
EU VI QUE SEU NOME ERA GERALDO MOTA E ENTRE OUTRAS COISAS GOSTAVA DE ARTESANATOS. RESOLVI MANDAR-LHE MOSTRAS DO MEU TRABALHO, MAS NÃO IMAGINAVA QUE O SR. TIVESE UM BLOG DE TÃO ALTO NIVEL CULTURAL. QUE BELEZA! FIQUEI MUITO CONTENTE DE VER AS FOTOS DE MEUS ARTESANATOS ALI POSTADAS COM UM COMENTARIO TÃO RICO.

VOU ENVIAR-LHE UM CONVITE PARA O SR. VISITAR-ME E COM DIREITO A COMENTAR NO PROGRAMA http://www.talentosdamaturidade.com.br/ OBS. ALI EU TENHO UM TRABALHO QUE ESTÁ NA CATEGORIA ARTESPLASTICAS.

MEUS PARABÉNS PELO SEU BLOG.

CONVITE - Exposição Momento Lírico - Abcdéf Galeria de Arte

VALE A APENA CONFERIR!

Bom dia a todos!
Segue convite para a exposição comemorativa dos 25 anos do SIAPEMG com abertura no dia 29/10, quinta-feira às 21hs.
Atenciosamente,
Cristina Fonseca

--- Em sex, 23/10/09, SINDICATO DOS ARTISTAS PLÁSTICOS PROF EST MINAS GERAIS - SIA <siapemg@siapemg.com.br> escreveu:

De: SINDICATO DOS ARTISTAS PLÁSTICOS PROF EST MINAS GERAIS - SIA <siapemg@siapemg.com.br>
Assunto: CONVITE - Exposição Momento Lírico - Abcdéf Galeria
Para: "Mauro & Cristina Silper" <cristinasilper@yahoo.com.br>
Data: Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009, 15:36




domingo, 25 de outubro de 2009

CRIAÇÃO DE MINHOCAS NO QUINTAL DE CASA






SISTEMA MINHOCASA DE MINHOCULTURA

O sistema Minhocasa de minhocultura é um sistema vivo balanceado, auto-regulável e sem mau cheiro projetado para ajudar as pessoas a reduzirem, reutilizarem e reciclarem o seu lixo orgânico como restos de comida, podas de jardim e papéis, preservando o meio ambiente.
Consiste em três caixas, uma tampa, um garfo de jardim, uma torneira, cama de composto e/ou húmus, matrizes de minhocas e um manual de instruções.
Colocando as minhocas para trabalhar neste sistema inovador você estará convertendo suas sobras de alimentos e resíduos orgânicos em um rico nutriente, fertilizante natural que suas plantas de vaso, jardim ou horta vão adorar.

SISTEMA MINHOCASA DE COMPOSTAGEM

O sistema Minhocasa de compostagem é um sistema de bombona acompanhada de ferramenta espiralada para aeração do composto formado a partir do lixo orgânico (restos de cozinha e podas de jardim) de casas, escolas, restaurantes, consultórios e outros.

SISTEMA MINHOCASA DE BIOFERTILIZANTES

Outra forma de se aproveitar resíduos orgânicos em adubo natural líquido é por meio de um sistema anaeróbico - sistema Minhocasa de biofertilizante – obtendo um excelente adubo líquido para as plantas e o solo.

CRIAÇÃO DE MINHOCAS PARA PESCARIA E PARA PRODUÇÃO DE HUMUS (FERTILIZANTE NATURAL PARA SER UTILIZADO EM HORTAS ORGÂNICAS (SEM AGROTÓXICOS)

O que você acha de adquirir um novo animal de estimação?
Que tal minhoquinhas?!


Em Brasília tive a oportunidade de conhecer um projeto genial que resolveu o meu desconforto de ter que jogar restos de comida, papéis e jornais fora.

Ao invés de jogar os resíduos orgânicos na lata de lixo – o que fazia com que eles fossem encaminhados para o aterro –, passei a alimentar minhocas.

Através de soluções simples e lúdicas, o Projeto Minhocasa busca conscientizar as pessoas das suas próprias ações, despertando-as ao mesmo tempo para a problemática da gestão inadequada do lixo em todo o Brasil. Além de kits de minhocultura, compostagem e biofertilizantes, ele oferece cursos, oficinas, visitas ao canteiro do projeto e consultoria na área ambiental.

O Kit Minhocasa é composto por três caixas, uma tampa, um garfo de jardim, uma torneira, húmus e minhocas. Nas duas caixas de cima colocam-se as minhocas e o lixo orgânico (derivados de organismos vivos). As minhocas, que circulam entre essas duas caixas através de furos nos seus fundos, se alimentam desses resíduos produzindo um fertilizante natural, rico em nutrientes, para ser colocado nos vasos e canteiros de plantas.

O kit pode ser colocado em varandas, áreas de serviço, escritórios, escolas e jardins. Todos os seus restos de comida, como casca de legumes, de verduras e de frutas, pó de café e de chá, ovos, alimentos estragados e ossos, bem como guardanapos usados, poeira, cabelos, papéis, jornais, aparas e podas de jardim podem ser despejados nele.

A grande sacada do Kit Minhocasa é justamente ser um sistema simples e fácil de operar, que cabe em locais pequenos, não produzindo mau cheiro. E ele ainda coleta o excesso de umidade do lixo sob a forma de biofertilizante líquido bom para regar plantas, que escorregue para a caixa de baixo, na qual há uma torneira.

A produção de húmus a partir de resíduos orgânicos não é nenhuma novidade, mas a atividade de compostagem, embora seja muito antiga, ainda é pouco praticada no Brasil. A idéia do minhocário domiciliar foi trazida da Austrália pela educadora ambiental Clarissa Cassab Danna e pelos os outros dois integrantes do Projeto Minhocasa, quando estudaram e moraram por lá.

Esse sistema, que instiga a curiosidade de todos, facilita ainda a compreensão da função ambiental das minhocas. Clarissa explica que as minhocas levam 90 dias para chegar à fase adulta, são hermafroditas e cruzam toda semana, dando origem a cerca de 6 minhocas por ovo.

O projeto funciona há 2 anos no Distrito Federal já tendo sido implementados em escolas, universidades, creches, condomínios, empresas e propriedades rurais.

Outra frente de trabalho dessa turma é o Projeto Sombra da Mata de inclusão sócio-ambiental de crianças e jovens da Escola Classe Rural Córrego Barreiro da Ponte Alta do Gama/DF.

O projeto atende cerca de 65 crianças e 15 jovens, oferecendo oficinas ambientais, esportivas, literárias e culturais no espaço-sede equipado com brinquedos, biblioteca e videoteca.

A mensagem mais importante desses projetos é que bastaria que cada um fizesse a sua parte na luta pela preservação do meio ambiente, com pequenas ações diárias, para que os efeitos fossem significativos. Estimulando as pessoas a refletirem e a repensarem as suas atitudes, eles incentivam mudanças de acordo com a realidade de cada um.

Exemplo claro disso é uma pequena caixa de minhocas que nos permite contribuir individualmente para reduzir o volume de lixo transportado e depositado nos aterros e lixões, nos conscientizando das nossas responsabilidades pelos produtos que compramos e pelo lixo que geramos.

Então, que tal adquirir um kit agora?


CONTATOS:

Minhocasa - SHIS QL 28 conj.06 casa 02 LAGO SUL Brasília-DF CEP: 71665-265
minhocasa@gmail.com

Clarissa " Kika" Cassab Danna - (61) 9966-8967

Cesar Cassab Danna - (61) 8181-0003

Mariana D. Cassab Danna - (61) 9968-9290

Mais informações
aqui.

Links

SEBRAE - DF


Universidade de Brasília


Da Terra


Movimento Mundo Orgânico


Sítio Gerânium


Mão na Terra


Permacultura.org

Planeta Orgânico

IPOEMA

Sabor de Fazenda


Trilha Mundos

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

O BARROCO TARDIO MINEIRO EM MINAS NOVAS

IMAGEM POLICROMADA DE DOURADO, DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DO BOM SUCESSO DE MINAS NOVAS, ENTRONIZADA EM ALTAR ESCULPIDO (A CANIVETE) EM UM BLOCO ÚNICO DE JACARANDÁ NEGRO.
(CONJUNTO REMANESCENTE DA CAPELA PARTICULAR DO CÔNEGO BARREIROS)


O barroco foi uma tendência artística que se desenvolveu primeiramente nas artes plásticas e depois se manifestou na literatura, no teatro e na música. O berço do barroco é a Itália do século XVII, porém se espalhou por outros países europeus como, por exemplo, a Holanda, a Bélgica, a França e a Espanha. O barroco permaneceu vivo no mundo das artes até o século XVIII. Na América Latina, o barroco entrou no século XVII, trazido por artistas que viajavam para a Europa, e permaneceu até o final do século XVIII.

Contexto histórico
O barroco se desenvolve no seguinte contexto histórico: após o processo de Reformas Religiosas, ocorrido no século XVI, a Igreja Católica havia perdido muito espaço e poder. Mesmo assim, os católicos continuavam influenciando muito o cenário político, econômico e religioso na Europa. A arte barroca surge neste contexto e expressa todo o contraste deste período: a espiritualidade e teocentrismo da Idade Média com o racionalismo e antropocentrismo do Renascimento.

Os artistas barrocos foram patrocinados pelos monarcas, burgueses e pelo clero. As obras de pintura e escultura deste período são rebuscadas, detalhistas e expressam as emoções da vida e do ser humano.

A palavra barroco tem um significado que representa bem as características deste estilo. Significa " pérola irregular" ou "pérola deformada" e representa de forma pejorativa a idéia de irregularidade.

O período final do barroco (século XVIII) é chamado de rococó e possui algumas peculiaridades, embora as principais características do barroco estão presentes nesta fase. No rococó existe a presença de curvas e muitos detalhes decorativos (conchas, flores, folhas, ramos). Os temas relacionados à mitologia grega e romana, além dos hábitos das cortes também aparecem com freqüência.

BARROCO EUROPEU

As obras dos artistas barrocos europeus valorizam as cores, as sombras e a luz, e representam os contrates. As imagens não são tão centralizadas quanto as renascentistas e aparecem de forma dinâmica, valorizando o movimento. Os temas principais são : mitologia, passagens da Bíblia e a história da humanidade. As cenas retratadas costumam ser sobre a vida da nobreza, o cotidiano da burguesia, naturezas-mortas entre outros. Muitos artistas barrocos dedicaram-se a decorar igrejas com esculturas e pinturas, utilizando a técnica da perspectiva.
As esculturas barrocas mostram faces humanas marcadas pelas emoções, principalmente o sofrimento. Os traços se contorcem, demonstrando um movimento exagerado. Predominam nas esculturas as curvas, os relevos e a utilização da cor dourada.
Podemos citar como principais artistas do barroco: o espanhol Velásquez, o italiano Caravaggio, os belgas Van Dyck e Frans Hals, os holandeses Rembrandt e Vermeer e o flamengo Rubens.

BARROCO NO BRASIL

O barroco brasileiro foi diretamente influenciado pelo barroco português, porém, com o tempo, foi assumindo características próprias. A grande produção artística barroca no Brasil ocorreu nas cidade auríferas de Minas Gerais, no chamado século do ouro (século XVIII). Estas cidades eram ricas e possuíam um intensa vida cultura e artística em pleno desenvolvimento.

O principal representante do barroco mineiro foi o escultor e arquiteto Antônio Francisco de Lisboa também conhecido como Aleijadinho. Sua obras, de forte caráter religioso, eram feitas em madeira e pedra-sabão, os principais materiais usados pelos artistas barrocos do Brasil. Podemos citar algumas obras de Aleijadinho: Os Doze Profetas e Os Passos da Paixão, na Igreja de Bom Jesus de Matozinhos, em Congonhas do Campo (MG).

Outros artistas importantes do barroco brasileiro foram: o pintor mineiro Manuel da Costa Ataíde e o escultor carioca Mestre Valentim. No estado da Bahia, o barroco destacou-se na decoração das igrejas em Salvador como, por exemplo, de São Francisco de Assis e a da Ordem Terceira de São Francisco.


O barroco, no Brasil, foi introduzido no início do século XVII pelos missionários católicos, especialmente jesuítas, que trouxeram o novo estilo como instrumento de doutrinação cristã. O poema épico Prosopopéia (1601), de Bento Teixeira, é um dos seus marcos iniciais. Atingiu o seu apogeu na literatura com o poeta Gregório de Matos e com o orador sacro Padre Antônio Vieira, e nas artes plásticas seus maiores expoentes foram Aleijadinho, na escultura, e Mestre Ataíde, na pintura.


No campo da arquitetura esta escola floresceu notavelmente no Nordeste, mas com grandes exemplos também no centro do país, em Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro. Na música, ao contrário das outras artes, sobrevivem poucos mas belos documentos do barroco tardio. Com o desenvolvimento do neoclassicismo a partir das primeiras décadas do século XIX a tradição barroca, que teve uma trajetória de enorme vigor no Brasil e foi considerada o estilo nacional por excelência, caiu progressivamente em desuso, mas traços dela seriam encontrados em diversas modalidades de arte até os primeiros anos do século XX.



BARROCO TARDIO EM MINAS NOVAS (MG)

ALTAR-MOR DA IGREJA DE NOSSA SENHORA DO AMPARO DOS HOMENS PARDOS DE MINAS NOVAS (MG), ONDE SE NOTAM OS RECURSOS DO DOURAMENTO.

Na cidade de Minas Novas existe ainda um expressivo conjunto arquitetônico considerado como “barroco tardio mineiro”, assim classificado em razão de terem as construções surgido no final do século 18, período coincidente com o final do ciclo do ouro, quando ali ocorreram os últimos descobertos de jazidas auríferas, sendo a VILA DO FANADO (nome original da povoação fundada em 1727) localizada no extremo norte da chamada ESTRADA REAL, fazendo a intermediação dos caminhos que demandavam a Província da Bahia, época esta caracterizada pela exaustão das safras auríferas.


Em decorrência da crise da mineração, nas edificações públicas, sacras e monumentos diversos foram utilizados outros recursos de materiais locais em substituição às generosas aplicações de douramento que caracterizaram as edificações das demais cidades históricas, localizadas no circuito da mesma “Estrada Real”, em seus prolongamentos tidos como "novo" e "velho", estes que, na realidade, se originavam das regiões produtoras, tando de riquezas mineirais como de produtos agrícolas que abasteciam a metrópole e as "caquendes" (como Diamantina, que apenas fazia intermediação da produção vinda do Jequitinhonha!).

A simplicidade dos detalhes artísticos, entretando, em nada comprometeu a expressividade da obra que restou exuberante e que bem caracteriza o sentimento religioso e ao mesmo tempo solidário, no sentido social e profano, nas vertentes da culinária, do folclore, do artesanato e dos costumes gerais que dali se expandiram e evoluiram para todo o Vale do Jequitinhonha.

******

TESTES E SIMULADOS > QUIZZES - Uma boa prática de se atualizar acerca dos conhecimentos gerais necessários a uma pessoa razoavelmente em dia com o mundo culto: WWW.mundo.busca.uol.com


BOLETIM UOL QUIZ EDUCAÇÃO


'Ó não aguardes, que a madura idade/ Te converta essa flor, essa beleza/ Em terra, em cinza, em pó, em sombra, em nada'.


Os versos são do poeta brasileiro Gregório de Matos.


O que você sabe sobre o Barroco no Brasil?



Teste-se

( Foto: Flávio Florido/ Folha Imagem)


1- Que poema épico de Bento Teixeira foi que marcou o início do Barroco no Brasil?
Perseguido pela Inquisição, o poeta morreu em 1600:

O Uraguai

Os Lusíadas

Prosopopéia

Eustáquidos




2- Que contrastes foram explorados pelo poeta Gregório de Matos na sua literatura barroca?

O soneto e o sermão

O modernismo e o parnasianismo

A religiosidade e a libertinagem

A sensualidade e o erotismo



3- Luís de Góngora e Francisco de Quevedo são escritores de que país? Eles serviram de inspiração para o Barroco no mundo:

De Portugal

Da Itália

Da França

Da Espanha




4- 'Nasce o Sol, e não dura mais que um dia/ Depois da luz se segue a noite escura'. Que figura de linguagem, típica do Barroco, você identifica nestes versos de Gregório de Matos?

A meteorologia

A catacrese

A antítese

A hipérbole




5- As obras estão em Ouro Preto, Congonhas do Campo, Mariana. Assinale o nome de um mestre da escultura de estilo barroco no Brasil:

Manuel da Costa Ataíde, o Mestre Ataíde

Antônio Francisco da Costa Lisboa, o Aleijadinho

Padre José Maurício

Padre Antônio Vieira





6- 'Eu era em Portugal/ sábio, discreto, entendido (...) mas chegando a esta cidade/ logo não fui nada disto,/porque um direito entre tortos/ parece que anda torcido'. Em que cidade o Boca do Inferno escreveu grande parte de sua poesia?

Em Recife

Em Salvador

No Rio de Janeiro

Em Luanda

ZÉ PINHEIRO DÁ O SEU RECADO SOBRE O PATRIMÔNIO HISTÓRICO DE MINAS NOVAS

José Pinheiro Torres Neto é Assistente Social, perito do INSS e, em Belo Horizonte onde exerce forte liderança, é um dos grandes defensores de todos os interesses de MINAS NOVAS e de seus conterrâneos.

Prezados amigos,

Quero crer que Minas Novas merece muito mais do que os
benefícios do PAC. Seu patrimônio, o pouco que resta,não é
fruto de uma política municipal de preservação e sim
resistência à dilapidação, ou mesmo do bom senso de alguns
cidadãos que têm algum sentimento de pertença.


O nosso patrimônio resiste à ignorância do poder público municipal
em não legislar em prol da caracterização da nossa cidade.
Minas Novas merece muito mais, pois o seu povo é bravo e
resistente e sustenta a preservação do nosso folclore,
diante da ausência de uma política pública na cultura. Para
mim, se tornou uma aventura falar em "Cidade Histórica" a
nossa terra, como também sem a participação dos conterrâneos
que amam Minas Novas, na preservação da sua imagem como
cidade barroca.


Poderíamos democraticamente contribuir para
o desenvolvimento da cultura da preservação, se não fôssemos
vítimas de governos aristocráticos (diferente de outras
cidades que alcançam outros indicadores de desenvolvimento
cultural).


Ainda bem que aos trancos e barrancos ainda somos
muitos sensíveis à cultura local. Louvamos à Nossa Senhora
do Rosário, por ela existir e abençoar o nosso povo de
engoma, que é um povo sofrido e sabe superar a aristocracia
municipal.


Por isto, Minas Novas merece muito mais do que
incentivos do PAC.

Abraços cordiais

Zé Pinheiro

KILOMETRAGEM

Postada pelo colaborador HELY COIMBRA

Um estudo recente realizado pela Universidade Federal de São Paulo (USP) mostrou que cada brasileiro caminha em média 1.440 km por ano.

Outro estudo feito pela Associação Médica Brasileira (AMB) mostrou que o brasileiro consome, em média, 86 litros de cerveja por ano.

A conclusão é animadora: o brasileiro faz 16,7 km por litro.

Observação do BLOG:

O BOM SENSO, porém, adverte: - Se vai dirigir, não beba e, mesmo se beber, nunca vote em candidatos que tenha ficha suja.

Nunca subestime uma mulher!

E o danado do SAPO, mais uma vez na jogada: 

MULHER E O SAPO

Uma mulher andava na beira de um rio quando viu um sapo preso em uns galhos pedindo socorro. Quando ela chegou perto, ele disse:

- Me salva que eu realizo 03 desejos, mas tudo que eu der a você, seu marido ganhará 10 vezes mais.

Ela pensou um pouco, mas topou!

1º Desejo:

Mulher : - Quero ser mUUUito, mas mUUUito rica.

Sapo : - Ok, mas lembre-se que seu marido será 10 vezes mais rico.

Mulher:  - Não tem importância, tudo que é meu é dele, e tudo que é dele é meu

.. E ela se tornou muito rica.

2º Desejo:

Mulher : - Quero ser muUUUUito, mas muuuuito bonita.

Sapo : - Ok, mas a mulherada vai cair em cima do seu marido porque ele vai ser 10 vezes mais bonito que você

Mulher : - Não tem problema. E ela se tornou rica e maravilhooooosa. Ele também.

Enfim, o 3º desejo :

Mulher : - Quero ter um enfartezinho bem pequenininho... só um susto!...

Sapo : (mudo)

Portanto, 'Nunca subestime a capacidade administrativa de uma mulher' !!!
 
 

GOVERNO FEDERAL TEM BOA VONTADE PARA AJUDAR MINAS NOVAS...


Lula lança em Ouro Preto PAC de revitalização das

cidades históricas

Ao lançar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou que um dos objetivos é promover o surgimento de "um centro de pequenos empreendedores" para o desenvolvimento das economias locais. Um dos caminhos para alcançar o desenvolvimento, nesse contexto, conforme o presidente, é o turismo.

"Não adianta nada você recuperar se não fizer disso um processo de visitação do país e do mundo para que isso gere renda, emprego", disse Lula, em Ouro Preto (MG), ao lado dos ministros Juca Ferreira (Cultura) e Dilma Rousseff (Casa Civil), além do governador mineiro, Aécio Neves (PSDB).

A meta do programa é revitalizar 5,2 mil imóveis particulares e 200 monumentos públicos em 173 cidades históricas, até 2012. O investimento previsto chega a R$ 890 milhões. Desse total, R$ 140 milhões serão liberados até o final do ano para 32 cidades. O trabalho prevê, entre outras atividades, contenção de encostas que podem afetar prédios históricos e troca da fiação elétrica.

As primeiras cidades a receberem recursos do programa estão nos seguintes estados: Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Aécio assina parceria para beneficiar cidades históricas
O governador Aécio Neves participou em Ouro Preto, na região Central do Estado, ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento das Cidades Históricas, do qual o Governo de Minas é parceiro do governo federal para promover a recuperação e a revitalização do patrimônio histórico e artístico desses municípios. Em Minas, além de Ouro Preto, serão beneficiadas Belo Horizonte, Diamantina e São João del-Rei. Na primeira fase do programa, neste ano, serão atendidos 32 municípios de todo o país, com investimentos de R$ 140 milhões.

Durante a solenidade, o governador Aécio Neves também assinou convênio entre o Governo de Minas, a Cemig, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais para substituir a fiação aérea por fiação subterrânea em 30 cidades históricas mineiras.

"O que queremos em Minas é dar exemplo de mais uma parceria, uma parceria que demonstra a maturidade da vida pública brasileira, onde há o tempo das eleições e há o tempo do trabalho. Felizmente, o tempo do trabalho em conjunto é muito mais longo, é muito mais extenso que o tempo das eleições. Prefiro saudar as parcerias extremamente importantes que aqui têm sido construídas em absolutamente todas as áreas, muitas delas com a participação do governo federal e dos municípios. E mais uma vez, nesse ato, o Iphan e a Cemig selam mais uma parceria para que, de forma exemplar, fazermos a iluminação subterrânea de toda Ouro Preto e na sequência, de outras cidades históricas de Minas Gerais", disse Aécio Neves, em seu pronunciamento.

A Cemig já possui rede subterrânea instalada - algumas delas parcialmente - em 17 cidades, entre elas nas históricas Ouro Preto, Diamantina, São João del-Rei, Tiradentes, Mariana, Serro, Santa Bárbara, Sabará e Santa Luzia. Os outros municípios que contam com o benefício são Belo Horizonte, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia, Uberaba, Itajubá, Varginha e Nova Lima.

Em seu pronunciamento, o presidente Lula destacou que recuperar o patrimônio histórico do Brasil significa recuperar a própria história do país. Já o ministro da Cultura, Juca Ferreira, ressaltou que o desafio é integrar a preservação do patrimônio com o desenvolvimento das cidades, garantindo qualidade de vida para os moradores e atrativos para os turistas.

Estudantes
Antes da solenidade o governador, o presidente Lula e o ministro da Educação, Fernando Haddad, se reuniram com estudantes do Diretório Central da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) para discutir os problemas de déficit de moradias estudantis, bancadas pelo governo federal, na cidade.

Durante seu discurso, o governador anunciou que o Governo de Minas, através da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab/MG), em parceria com o Ministério da Educação e a Prefeitura de Ouro Preto irão construir novas moradias para os estudantes.

"Há poucos minutos atrás, assumimos um compromisso com estudantes de Ouro Preto para que o Estado de Minas, ao lado do Ministério da Educação, possa avançar garantindo mais moradias e melhores condições para os estudantes, que são a melhor marca dessa cidade, a cara mais viva e latente da nossa Ouro Preto", disse Aécio Neves.

Também estiveram presentes à solenidade, prefeitos de cidades históricas de todo o País e ministros de Estado. (O prefeito de Minas Novas, como sempre tem acontecido nesta administração caótica, lá não apareceu!)

Mesmo assim, diante do descaso e da omissão da autoridade que seria competente, resta-nos esperanças de que prevaleça o bom senso do povo do município no sentido de ficar vigilante e em cobrança permanente para que as verbas previstas sejam aplicadas corretamente no interesse da coletividade minasnovense, de vez que os recursos logo serão disponibilizados para as obras de substituição da rede de iluminação pública de todo o centro histórico da cidade.
-
Cidades que serão atendidas pela parceria da Cemig com o Iphan

Baependi
Barão de Cocais
Bom Jesus do Amparo
Caeté
Campanha
Cataguases
Catas Altas
Chapada do Norte
Conceição do Mato Dentro
Congonhas
Diamantina
Diogo de Vasconcelos
Estrela do Sul
Grão Mogol
Itabira
Itabirito
Itapecerica
Januária
Mariana
Minas Novas
Nova Era
Ouro Branco
Ouro Preto
Paracatu
Pitangui
Prados
Sabará
Santa Bárbara
Santa Luzia
São Gonçalo do Rio Abaixo
São Tomé das Letras
Serro
Tiradentes



geraldo mota
http://geraldomotacoelho.blogspot.com/

COMO MANTER-SE JOVEM

(LINDA MENSAGEM ENVIADA POR ANGELA MOTA)


1. Deixe fora os números que não são essenciais. Isto inclui a idade, o peso e a altura.


... Deixe que os médicos se preocupem com isso.



2. Mantenha só os amigos divertidos. Os depressivos puxam para baixo.
(Lembre-se disto se for um desses depressivos!)


3. Aprenda sempre:
Aprenda mais sobre computadores, artes, jardinagem, o que quer que seja. Não deixe que o cérebro se torne preguiçoso.
'Uma mente preguiçosa é oficina do Alemão.' E o nome do Alemão é Alzheimer! (Eeecccaaa!!!)

4. Aprecie mais as pequenas coisas, com simplicidade
5. Ria muitas vezes, durante muito tempo e alto. Ria até lhe faltar o ar.
E se tiver um amigo que o faça rir, passe muito e muito tempo com ele / ela!

6. Quando as lágrimas aparecerem
Aguente, sofra e ultrapasse.


A única pessoa que fica conosco toda a nossa vida somos nós próprios.
VIVA enquanto estiver vivo.


7. Rodeie-se das coisas que ama:
Quer seja a família, animais, plantas, hobbies, o que quer que seja.
O seu lar é o seu refugio.


8. Tome cuidado com a sua saúde:
Se é boa, mantenha-a.
Se é instável, melhore-a.
Se não consegue melhorá-la , procure ajuda.

9. Não faça viagens de culpa.
Faça uma viagem ao centro comercial, até a um país diferente, mas NÃO para onde haja culpa


10. Diga às pessoas que ama que as ama a cada oportunidade.

E, se não mandar isto a pelo menos quatro pessoas - quem é que se importa?
Serão apenas menos quatro pessoas que deixarão de sorrir ao ver uma mensagem sua.Mas se puder pelo menos partilhe com alguém!

MINAS NOVAS TEM CHANCES?


21 de outubro de 2009

Patrimônio, Desenvolvimento e Cidadania

PAC Cidades Históricas vai beneficiar 32 municípios em 2009 e mais 141 até o final de 2012

A quarta visita oficial do presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, à cidade mineira de Ouro Preto, nesta quarta-feira, 21 de outubro, foi marcada pelo lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento Cidades Históricas. A ação visa restaurar e revitalizar 32 cidades históricas ainda em 2009 e outras 141 até o final de 2012.
 
De acordo com o presidente Lula, R$ 890 milhões serão destinados para a iniciativa. "Não se trata apenas de recuperar monumentos, o que já seria uma ação da maior importância, mas também de investir no desenvolvimento urbano, econômico e social de cada município e na melhoria da qualidade de vida da população", ressaltou.

Também afirmou que todos precisam compreender que investir em patrimônio é gerar emprego e riqueza para o país. E congratulou a ministra Dilma Rousseff por viabilizar o Programa de Aceleração do Crescimento e sua extensão para a área da cultura: "Por isso, eu quero dar os parabéns à companheira Dilma que encontrou um jeito de colocar a reivindicação do companheiro Juca no PAC".

Leia o pronunciamento do presidente da República.

O PAC Cidades Históricas é um programa de articulação entre os governos Federal, estadual e municipal. Trata-se de uma ação desenvolvida a partir de estudos realizados pelas cidades beneficiadas em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan/MinC). A partir desses levantamentos serão definidas as estratégias e prioridades para cada localidade.
 
O ministro da Cultura, Juca Ferreira, enfatizou que o programa coloca a defesa do patrimônio histórico em outro patamar. "Não basta mais apenas proteger cada edifício e desenvolver políticas de preservação, é preciso integrar o patrimônio no desenvolvimento do país e das cidades."

Destacou, ainda, que as cidades históricas brasileiras enfrentam os mesmos problemas dos grandes centros urbanos, mas demandam uma atenção especial, pois "refletem a história do país".

Leia o discurso do ministro da Cultura.

O prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo de Araujo Santos, lembrou que a formatação do PAC Cidades Históricas é fruto da experiência realizada pelo Iphan/MinC com o Programa Monumenta. Para ele, o PAC reflete a possibilidade de ampliação na aplicação dos recursos destinados para a conservação do patrimônio nacional. Ele espera que Ouro Preto possa servir de exemplo para "todas as 5.600 cidades brasileiras".

Leia, ainda, a seguinte matéria: Solenidade em Ouro Preto.

(Texto: Carol Lobo e Grazielle Machado, Comunicação Social/MinC)

LULA BENEFICIA CIDADES HISTÓRICAS: MINAS NOVAS ESTÁ NO PÁREO?

O presidente da república lança o PAC DAS CIDADES HISTÓRICAS que prevê consideráveis recursos destinados às cidades históricas localizadas em todo o país. Está na hora das lideranças do município de Minas Novas se movimentarem no sentido de não deixar que esta oportunidade passe despercebida, a exemplo de tantas outras que se perderam em razão da incompetência, da omissão e da falta de entrosamento do prefeito, pois todos sabemos que a melhor saída para a nossa economia, será a INDÚSTRIA DO TURISMO e, para isto, torna-se necessária a preocupação na busca de investimentos e de programas que possibilitem a viabilização desta grande potencialidade de nossa terra, inigualável em toda região, representada pelo conjunto urbanístico a ser recuperado, variedade de monumentos sacros, sítios paisagísticos, culinária típica, artesanato de grande aceitação, tradições folclóricas e toda uma vocação festiva e hospitaleira que não se vê em outras localidades. O futuro acontece cada vez mais rápido e já não se pode esperar mais pela ação daqueles que bem sabemos não têm compromisso, não demonstram interesse ou simplesmente são incompetentes, incultos ou desmotivados. O poder público, nos dias atuais, deve ser constantemente acionado, não só pelo legislativo, pelo judiciário e pelo ministério público, mas, principalmente, pelo clamor das ruas, pela indignação popular, pela pressão legítima dos orgãos representativos, seja através da imprensa, seja através dos sindicatos, das escolas, das associações de bairro, grupos de jovens, igrejas, cooperativas. O que não se pode ver é a acomodação do povo que tudo vê e nada faz no sentido de fazer valer seus direitos de exigir trabalho e seriedade de um prefeito que está destruindo a esperança de uma população. Uma das provas de seu descaso para com a cultura local foi o fiasco da comemoração do DIA DA CIDADE, quando todos ficaram envergonhados ao verem o desfile das bandas de música, onde a nossa histórica "Euterpe Conceição" mais parecia uma fanfarra de mendigos no meio da extraordinária apresentação das corporações musicais das cidades vizinhas que aqui vieram exibir sua arte, cidadania e bom gosto.
VEJA ABAIXO, acessando os links, em cada matéria:


segunda-feira, 19 de outubro de 2009

domingo, 18 de outubro de 2009

DE MÃE PARA MÃE! - PROTESTO JUSTO E COMOVENTE...

PRESTE ATENÇÃO!

Carta enviada de uma mãe para outra mãe em SP, após  noticiário na TV:

Prezada senhora,

Vi seu enérgico protesto diante das câmeras de televisão contra a transferência do seu filho, menor infrator, das dependências da FEBEM em São Paulo para outra dependência da FEBEM no interior do Estado.

Vi você se queixando da distância que agora a separa do seu filho, das dificuldades e das despesas que passou a ter  para visitá-lo, bem como de outros inconvenientes  decorrentes daquela transferência.
-
Vi também toda a cobertura que a mídia deu para o fato, assim como vi que não só você, mas igualmente outras  mães, na mesma situação que você, contam com o apoio de Comissões Pastorais, Órgãos e Entidades de Defesa de  Direitos Humanos, ONGs, etc...
-
Eu também sou mãe e, assim, bem posso compreender seu  protesto.  Quero com ele fazer coro.
-
Enorme, porém, é a distância que me separa do meu filho: Trabalhando e ganhando pouco, idênticas são as dificuldades e muitas as despesas que tenho para visitá-lo. É com muito sacrifício e dor, que só posso fazê-lo aos domingos porque  labuto - inclusive aos sábados - para auxiliar no sustento e educação do resto da família...
-
Felizmente conto com o meu inseparável companheiro, que desempenha para mim importante papel de amigo e conselheiro espiritual.
-
Se você ainda não sabe, sou a mãe daquele jovem que o seu filho matou estupidamente num assalto a uma vídeo-locadora, onde ele, meu filho, trabalhava durante o dia para pagar os estudos à noite.
-
No próximo domingo, quando você estiver abraçando, beijando e fazendo carícias no seu filho - que está vivo - eu estarei visitando o meu (que está morto!), podendo apenas depositar algumas flores no seu humilde túmulo, num cemitério da periferia de São Paulo...
-
Ah!!!... Ia-me esquecendo: é que, também ganhando pouco e  sustentando a casa, você pode ficar tranqüila, viu, que eu estarei pagando de novo, o colchão que seu querido filho queimou, lá na última rebelião da Febem.
 
Outra coisa: - Nem no cemitério, nem na minha casa, NUNCA apareceu nenhum representante destas "Entidades" que tanto lhe  confortam, para me dar uma palavra de conforto, e talvez me indicar "Os meus direitos"!
 
Mãe do rapaz que seu filho não perdoou.

Se concordar, circule este manifesto!
Talvez a gente consiga acabar com esta inversão de valores que assola o Brasil.

NO MEU ENTENDIMENTO, ACREDITO QUE
DIREITOS HUMANOS DEVERIAM SER APENAS PARA 
OS HUMANOS DIREITOS!!!




--
geraldo mota
http://geraldomotacoelho.blogspot.com/

VOCÊ ADMIRA GATO?

QUAL O SEU CONCEITO DE "GATO"?

Veja no anexo o que, além dos naturais, seja realmente o conceito exato de "gato". Não se trata do gajo que tenha, simploriamente, aparência de gato e seja, como esse animal, um ser de muito pouca utilidade além das peculiares e comuns ao bicho de estimação. Os gatos que aparecem no vídeo em anexo é que mereceriam ser exibidos sempre nas TVs, pois estes, realmente, são talentosos e admiráveis!


A peça, contida nesse anexo, segundo nosso colaborador J.Bosco Paz, é o " Dueto de Gatos" , do brilhante compositor italiano Gioachinno Rossini, a qual foi adaptada para a voz de crianças. Se não bastasse a afinadíssima voz dos dois garotos que fazem o solo torna-se, também, engraçada. De notar a postura do menino de cabelos escuros que não consegue esconder o riso, ao contrário do lourinho, sempre sério e compenetrado de seu papel. Esse concerto ocorreu em Seul (Coreia) em 30/11/96, pelo coro dos "Petits Chanteurs à la Croix de Bois".

- Diferente, interessante e perfeito.

A MÚSICA, A ÓPERA, O CANTO LÍRICO, OS CORAIS, O JOGRAL e outras encenações dessa natureza, constituindo demonstração de cultura e bom gosto, devem ser incentivadas para que nossos jovens passem a conhecer o lado bom e positivo de uma vida mais saudável, feliz, repleta de beleza e encantamento, longe dos desvios causados pela ociosidade e más conpanhias.




geraldo mota
http://geraldomotacoelho.blogspot.com/

O sapo professor


FÁBULA DO SAPO PROFESSOR:

Era uma vez uma linda menina, muito sabida e bonita, chamada ANDREIA, que passeava distraidamente pelos arredores do Palácio de Liberdade, quando deparou com um sapo falante.


O pobrezinho do Sapo, chamado CURURU, estava debilitado e apavorado com aquela sua triste figura e assim pediu à linda garota: - Salva-me deste feitiço, que me lançou a Bruxa da sua Secretária de Educação, bastando que me dê um beijo, quando vou retornar ao que era: Um professor e aí poderemos casar e sermos felizes para o resto da vida...



A solteirona da menina, muito curiosa e calculista, colocou o Cururu na sua bolsa e seguiu, tranquilamente, o seu caminho em busca de suas aventuras.



Passaram os dias e nada da Andreia beijar o Cururu, que muito decepcionado reclamou e pediu, mais uma vez, que a menina o beijasse para quebrar o encantamento, ao que a sabida da pestinha assim revelou:



- Eu, hein1!!!

- Um sapo cururu falante vai render para mim muito mais dinheiro do que um imprestável professor!






SAPO PROFESSOR?

Brincadeiras à parte, o anexo reflete - infelizmente - uma triste realidade que se torna cada vez mais gritante em nosso Estado de Minas Gerais: O Governador AÉCIO, que é um professor de marcketing, incorre em propaganda enganosa quando espalha aos sete ventos que os professores da rede pública são respeitados em sua gestão. Enquanto perdurar essa grande injustiça não há o mínimo de possibilidade de que nossos IDH's vergonhosos sejam revertidos. É preciso que cada professor, agora mais que nunca, analise cuidadosamente a sua atual condição funcional, as suas perspectivas de melhoria, a forma como tem sido tratado em suas propostas gerais e se prepare para dar o troco político na próxima eleição, mandando para o ostracismo esses governantes irresponsáveis, insensíveis e demagogos, juntos de sua tropa de choque que só aparece nas nossas cidades para exercer o poder de influência e engodo, em benefício próprio e para a perpetuar um regime que só interessa aos exploradores do povo.


O professor está sendo considerado "um sapo".
-
Na realidade, porém, esse profissional - na sua fiel dedicação ao dever de ensinar e dar bons exemplos - é, DE FATO, um verdadeiro touro que não tem, até agora, estimado a sua força e o seu poder dentro de sua comunidade, no que muito poderia, caso se desse conta disto, contribuir para revolucionar a política, através do poder multiplicador que tem em suas mãos, rompendo de vez as cercas de arame e as tábuas desse curral eleitoral e enfim, assumir o lugar de verdadeiras lideranças ao qual tem o direito, a capacidade e o merecimento de conquistar em benefício da democracia, da paz social, da cidadania, do progresso e do desenvolvimento de nossa abandonada região de Minas Novas e de todo o nosso sofrido VALE DO JEQUITINHONHA.
-

CONFIRA AQUI OS LIVROS DE MINHA BIBLIOTECA FÍSICA

Cursos Online é Cursos 24 Horas

LIVROS RECOMENDADOS

  • ANÁLISES DE CONJUNTURA: Globalização e o Segundo Governo FHC - (José Eustáquio Diniz Alves /Fábio Faversani)
  • ARTE SACRA - BERÇO DA ARTE BRASILEIRA (EDUARDO ETZEL)
  • AS FORÇAS MORAIS - (José Ingenieros)
  • CONTOS - (Voltaire)
  • DICIONÁRIO DE FANADÊS - Carlos Mota
  • DOM QUIXOTE DE LA MANCHA - (Cervantes)
  • ESPLÊNDIDOS FRUTOS DE UMA BANDEIRA VENTUROSA - (Demósthenes César Jr./ Waldemar Cesar Santos)
  • EU E MARILYN MONROE & O OUTRO- CARLOS MOTA
  • FRAGMETOS - (Glac Coura)
  • HISTÓRIAS DA TERRA MINEIRA - (Prof. Carlos Góes)
  • http://www.strategosaristides.com/2010/12/cronicas-do-mato.html
  • IDAS E VINDAS - (Rosarinha Coelho)
  • MOSÁICO - (Glac Coura)
  • O CAMINHANTE - (José Transfiguração Figueirêdo)
  • O DIA EM QUE O CAPETA DESCEU NA CIDADE DE MINAS NOVAS - (João Grilo do Meio do Fanado)
  • O MITO DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - (Celso Furtado)
  • O NOME DA ROSA - (Umberto Eco)
  • O PRÍNCIPE - (Maquiavel)
  • O SEGREDO É SER FELIZ - ROBERTO SHINYASHIKI

ORIGEM DOS ACESSOS PELO MUNDO

Arquivo do blog