sábado, 3 de outubro de 2009

DICAS DE PORTUGUÊS

A meteorologia e os xifópagos

Por Thaís Nicoleti

"A agência de metereologia da Indonésia disse que o tremor inicial de 7,6 graus na escala Richter ocorreu a 50 quilômetros da costa de Pandang, no sul da Indonésia, na mesma região em que um tsunami em 2004 provocou a morte de mais de 230 mil pessoas em vários países."

"Xipófagos incestuosos expõem seus desejos básicos: perversos-polimorfos, multiplicam nascimentos, cópulas e assassinatos, testando ao limite a plateia, com repetições exasperantes de um universo em looping."

Talvez por características idiossincráticas, certas palavras do português são alvo constante dos erros de grafia.

Hoje vamos tratar de duas delas.O estudo científico dos fenômenos atmosféricos, cuja análise permite a previsão do tempo, chama-se "meteorologia", não "metereologia".

É comum a troca das letras, talvez motivada pela facilidade de pronúncia que acarreta.

De qualquer modo, fica o lembrete: "meteorologia", palavra de origem grega, forma-se dos elementos "meteoro-" (nome dado a qualquer fenômeno que ocorre na atmosfera terrestre, como chuva, granizo, neve, vento, aurora boreal, relâmpago, trovão, estrela cadente etc.) e "-logia" (estudo).

O outro termo é "xifópago", muitas vezes dito e grafado "xipófago".
Este se explica talvez pela analogia com "antropófago" e outras palavras terminadas em "-fago" (elemento associado ao ato de comer).

A esse respeito, é curioso lembrar que o "sarcófago" recebeu esse nome porque se supunha que a variedade de pedra de que era feito tivesse a propriedade de consumir as carnes (assim, os antigos punham em seu interior os cadáveres que não queriam incinerar).

Os irmãos siameses, conhecido caso de gêmeos presos na altura do tórax, acima do apêndice xifoide eram "xifópagos".

O nome do apêndice, por causa de seu formato, deriva do grego "xifo", que quer dizer "espada". O elemento "-pago", também do grego, refere-se àquilo que está solidificado.

Assim, "xifópago" é o que está preso acima do apêndice "xifoide".

Abaixo, os textos corrigidos: A agência de meteorologia da Indonésia disse que o tremor inicial de 7,6 graus na escala Richter ocorreu a 50 quilômetros da costa de Pandang, no sul da Indonésia, na mesma região em que um tsunami em 2004 provocou a morte de mais de 230 mil pessoas em vários países.

Xifópagos incestuosos expõem seus desejos básicos: perversos-polimorfos, multiplicam nascimentos, cópulas e assassinatos, testando ao limite a plateia, com repetições exasperantes de um universo em looping.

Um comentário:

Alcides artesanatos disse...

OBRIGADO SR. GERALDO HOJE TIVE O PRAZER DE VISITAR MAIS UMA VEIS ESTE SEU MUNUMENTAL BLOG E QUE PRAZER E VOLTEI COM ALGUMAS PESSOAS QUE TAMBEM FICARÃO ENCANTADAS COM TANTA BELEZA E TANTAS COISAS BOAS MAIS UMA VEIS MUITO OBRIGADO.RAN

CONFIRA AQUI OS LIVROS DE MINHA BIBLIOTECA FÍSICA

Cursos Online é Cursos 24 Horas

LIVROS RECOMENDADOS

  • ANÁLISES DE CONJUNTURA: Globalização e o Segundo Governo FHC - (José Eustáquio Diniz Alves /Fábio Faversani)
  • ARTE SACRA - BERÇO DA ARTE BRASILEIRA (EDUARDO ETZEL)
  • AS FORÇAS MORAIS - (José Ingenieros)
  • CONTOS - (Voltaire)
  • DICIONÁRIO DE FANADÊS - Carlos Mota
  • DOM QUIXOTE DE LA MANCHA - (Cervantes)
  • ESPLÊNDIDOS FRUTOS DE UMA BANDEIRA VENTUROSA - (Demósthenes César Jr./ Waldemar Cesar Santos)
  • EU E MARILYN MONROE & O OUTRO- CARLOS MOTA
  • FRAGMETOS - (Glac Coura)
  • HISTÓRIAS DA TERRA MINEIRA - (Prof. Carlos Góes)
  • http://www.strategosaristides.com/2010/12/cronicas-do-mato.html
  • IDAS E VINDAS - (Rosarinha Coelho)
  • MOSÁICO - (Glac Coura)
  • O CAMINHANTE - (José Transfiguração Figueirêdo)
  • O DIA EM QUE O CAPETA DESCEU NA CIDADE DE MINAS NOVAS - (João Grilo do Meio do Fanado)
  • O MITO DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - (Celso Furtado)
  • O NOME DA ROSA - (Umberto Eco)
  • O PRÍNCIPE - (Maquiavel)
  • O SEGREDO É SER FELIZ - ROBERTO SHINYASHIKI

ORIGEM DOS ACESSOS PELO MUNDO

Arquivo do blog