segunda-feira, 26 de abril de 2010

video

TRÊS QUESTÕES AQUI SÃO COLOCADAS.

1ª - A linda mensagem da parábola do vídeo anexo: quem seria o "pai amoroso"?
2ª - O "Bolero" de RAVEL tem fim?
3ª - VOCÊ EXISTE? ...

OU DEUS É UMA "MACHINA" CRIADA PELO HOMEM PARA JUSTIFICAR SUA INCAPACIDADE DE DESCOBRIR A ORIGEM DE TODAS AS COISAS, AS CAUSAS E AS RAZÕES DA PRÓPRIA EXISTÊNCIA HUMANA?
Se se considerar plausível a existência de uma ÉTICA CÓSMICA, os múltiplos códigos estabelecidos pelo homem nada mais são do que reflexões morais relativas passíveis de permanente atualização, que podem ou não, no todo ou em parte, estar em conformidade com esta ÉTICA. Nesse sentido, a moral (tanto quanto a verdade) é relativa: muda com os costumes e, conseqüentemente, com o evolver das civilizações. Logo, aquele que se imobiliza e permanece aferrolhado a um conceito, petrifica a consciência impedindo-a de perceber outros possíveis matizes do TECLADO UNIVERSAL.
-
     Por outro lado, em um momento histórico, certos fins (justos ou injustos) podem ter legitimado determinados meios (justificáveis ou injustificáveis); em outro, inexistindo aqueles fins os meios não mais se aplicam. Mas, como determinados fins parecem ser permanentes, apenas se modificam os meios e as técnicas para que sejam alcançados esses mesmos fins. Como uma escada em espiral, voltam sempre a se fazer presentes como que em um movimento helicoidal e em estágios ou planos mais elaborados e – dependendo do fim em si – muitas vezes mais torpes e tenebrosos.
-
   Considerando, hipoteticamente, que possam existir dois tipos de fins e dois tipos de meios, a saber, fins lícitos e fins ilícitos, meios lícitos e meios ilícitos, um místico ou um espiritualista da senda direita só poderá operacionalizar, em qualquer nível ou plano, meios lícitos que estejam amalgamados e conduzam a fins lícitos. Esta máxima, que é fundamentalmente kantiana, é universal. Logo, não se restringe a este ou àquele indivíduo, a este ou àquele grupo. É, repito, universal. Agnósticos, portanto, dela não podem se evadir. Ninguém pode dela desdenhar.
-
Se não se considerar plausível a existência de uma ÉTICA CÓSMICA, se não se considerar que o Universo se direciona teleologicamente para uma finalidade e se, por último, se se considerar que Deus é uma mera criação do homem, então, com razão quadruplicada, os nossos pensamentos, palavras e atos devem ter por único padrão a licitude, pois somos os únicos responsáveis pelas conseqüências dos movimentos que fizermos. Este raciocínio é evidentemente o mesmo do primeiro caso.
-
Se, por último, nossa percepção da vida e do Universo é um misto das duas situações anteriores, nada muda. O que não podemos, sob nenhuma alegação, é pôr a culpa no(s) outro(s), na sociedade ou em Deus por nossa ignorância, nossos fracassos e nossas incongruências. Meditações, declarações e ações não podem estar ancoradas em nada que não seja legítimo e lícito. Temos que nos esforçar para descobrir as causas que geraram os efeitos que nos atormentam, e, qualquer que seja a situação em que nos encontremos, agir exclusivamente com base em imperativos categóricos.
-
A nossa consciência – que é a razão e juízo – domina o NOSSO livre-arbítrio, que nos faz analisar, meditar e concluir que essa condição não foi gerada espontaneamente.
 
Então, essa dúvida, certeza ou indagação nos foi facultada por qual INTELIGÊNCIA, FORÇA, ENERGIA ou PODER?

DECIFRA-ME OU TE DEVORO!




--
geraldo mota
http://geraldomotacoelho.blogspot.com/

Nenhum comentário:

CONFIRA AQUI OS LIVROS DE MINHA BIBLIOTECA FÍSICA

Cursos Online é Cursos 24 Horas

LIVROS RECOMENDADOS

  • ANÁLISES DE CONJUNTURA: Globalização e o Segundo Governo FHC - (José Eustáquio Diniz Alves /Fábio Faversani)
  • ARTE SACRA - BERÇO DA ARTE BRASILEIRA (EDUARDO ETZEL)
  • AS FORÇAS MORAIS - (José Ingenieros)
  • CONTOS - (Voltaire)
  • DICIONÁRIO DE FANADÊS - Carlos Mota
  • DOM QUIXOTE DE LA MANCHA - (Cervantes)
  • ESPLÊNDIDOS FRUTOS DE UMA BANDEIRA VENTUROSA - (Demósthenes César Jr./ Waldemar Cesar Santos)
  • EU E MARILYN MONROE & O OUTRO- CARLOS MOTA
  • FRAGMETOS - (Glac Coura)
  • HISTÓRIAS DA TERRA MINEIRA - (Prof. Carlos Góes)
  • http://www.strategosaristides.com/2010/12/cronicas-do-mato.html
  • IDAS E VINDAS - (Rosarinha Coelho)
  • MOSÁICO - (Glac Coura)
  • O CAMINHANTE - (José Transfiguração Figueirêdo)
  • O DIA EM QUE O CAPETA DESCEU NA CIDADE DE MINAS NOVAS - (João Grilo do Meio do Fanado)
  • O MITO DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - (Celso Furtado)
  • O NOME DA ROSA - (Umberto Eco)
  • O PRÍNCIPE - (Maquiavel)
  • O SEGREDO É SER FELIZ - ROBERTO SHINYASHIKI

ORIGEM DOS ACESSOS PELO MUNDO

Arquivo do blog